• Daniela Bambokian

Como melhorar seu currículo viajando por Work Exchange


Você já pensou em trabalhar fora do Brasil? E se esse trabalho fosse em troca de hospedagem, comida e experiências ao invés de dinheiro? A viagem pode ser muito mais vantajosa do que um simples intercâmbio!


Muita gente ainda não conhece o turismo colaborativo, ou work exchange, que consiste em prestar algum tipo de serviço em troca de hospedagem, refeições e muitos outros benefícios, como passeios. A rotina de trabalho segue critérios e, geralmente, não há remuneração, porém é possível ganhar vivência em um lugar completamente diferente, amigos dos mais diversos cantos do planeta e uma nova visão de mundo.


A experiência pode servir também para enriquecer o seu currículo: muitas pessoas aproveitam o work exchange como um estágio curricular ou extracurricular, mas o grande benefício de embarcar em uma viagem dessas é o desenvolvimento pessoal.


Treine outras línguas

Há uma imensa variedade de destinos para escolher, desde lugares por todo o Brasil e América Latina no geral até outros continentes como Europa e Ásia, para todos os gostos, bolsos e línguas! Então, sem desculpas para aqueles que não falam tão bem inglês ou espanhol, pois é uma ótima oportunidade para treinar ou mesmo aprender outros idiomas.


Adquira experiência fora de sua zona de conforto

Recrutadores costumam valorizar quem opta por fazer trabalho voluntário, uma vez que além de muito gratificante, é uma maneira de trazer mais vivência e experiências interessantes para mencionar na entrevista de emprego. É possível trabalhar nas mais diversas áreas e incrementar o currículo, variando um pouco dos cursos que a maioria das pessoas faz hoje em dia.


Seja flexível

Você pode escolher quanto tempo deseja ficar fora, podendo variar entre 1 semana até 3 ou 6 meses, dependendo do acordo feito com o local que irá trabalhar. Além disso, existem vagas para várias áreas, como fotografia, social media, administração, música, housekeeping, jardinagem, línguas e muitas outras. Algumas posições não exigem muita qualificação ou experiência, então é ótimo para trabalhar a flexibilidade e aprender sobre outras áreas.


Faça intercâmbio cultural gastando muito pouco

Normalmente, programas de intercâmbio costumam ser bem caros, considerando os gastos que os viajantes têm com hospedagem e alimentação, além de eventuais taxas com cursos, faculdade e etc. Por meio do work exchange, os voluntários acabam gastando muito menos pois não pagam por hospedagem e podem conseguir refeições (ou cozinhar) e outros benefícios gratuitamente nos hostels que trabalham. Portanto, o custo benefício de se fazer uma viagem assim é muito vantajoso, pois é uma forma eficiente de treinar outras línguas e adquirir experiências sem precisar economizar tanto dinheiro.


Viva como um local, viaje muito e faça amigos do mundo todo

Após os primeiros dias, você começa a se sentir parte do local e fazer amigos locais e de todas as partes do mundo. Mesmo dedicando uma parte do dia para trabalhar, ainda sobra muito tempo para curtir a cidade com calma e ter experiências como se vivesse lá. É perfeito para aqueles que gostam de viajar sozinhos porque se torna muito fácil conhecer pessoas novas e ter companhia para curtir os dias de folga e passear muito!

Como encontrar programas de work exchange?

Minha experiência foi através do Worldpackers, uma empresa brasileira que trabalha principalmente com hostels pelo mundo todo. Fui para Interlaken, a cidadezinha mais linda do mundo localizada na Suíça e tive a melhor viagem da minha vida!


No site você encontra oportunidades no mundo inteiro e para todos os tipos de trabalho. Vale a pena conferie e recomendo muito!

Existem também outras plataformas:


  • World Wide Opportunities on Organic Farms (WWOOF)

  • Help Exchange (Helpx)

  • Workaway

  • Se7en Interchange

  • Service Civil International (SCI)

  • Au Pair

#viajar #currículo #workexchange #turismocolaborativo #intercambio #Worldpackers #viagem #Interlaken #Suíça

28 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo